Archive for the 'Pirata' Category

Piratas sorridentes

 

O Miguel e o Jorge estavam presos numa ilha deserta, infestada de tubarões, mas não se ralavam nada. Apanhavam banhos de sol, comunicavam via skype com a família que os ia visitar aos fins de semana e ainda tinham descoberto um tesouro cheio de gelados mágicos, que nunca se derretiam, com milhares de sabores. Ao domingo jogavam futebol e comiam mangas e bananas. Conseguem imaginar melhor vida?

Anúncios

Pirata do circo

O Vasco tinha um grande problema: gostava muito de peixes dentuças, de praia, de ir ao circo e adorava filmes de piratas. Assim, não conseguia perceber muito bem qual era a sua vocação. Um dia, depois de muito pensar, descobriu: ia ser domador de piranhas. E lá foi ele meter mãos à obra. Pouco tempo depois deu o seu primeiro espectáculo na praia, onde apareceram muitos meninos que viram as piranhas dentuças do Vasco fazer coisas inimagináveis, tais como dar triplos mortais e nadar costas. O Vasco vestiu-se de pirata para dar mais ambiente. No fim comeram algodão doce como num bom circo e as piranhas puseram  um nariz de palhaço e contaram umas boas piadas.

Pirata cruel

O pirata Jorge sonhava em ser um pirata a sério e, como tal, desejava ser muito mau. Queria que toda a gente se assustasse quando ouvisse o seu nome; que todas as crianças fugissem quando o soubessem na redondeza; que todos os tubarões se refugiassem no fundo do mar quando sentissem o seu cheiro nauseabundo. Infelizmente, tinha mesmo um bom coração, era amigo de toda a gente e ajudava os mais necessitados, pelo que ninguém tinha medo dele. Nem mesmo os tubarões, que adoravam o seu cheirinho, dado que tomava banho todos os dias e lavava os dentes de manhã e ao deitar, durante dois minutos. Duro ser um pirata, não?