Archive for the 'Menino sorridente' Category

Piratas sorridentes

 

O Miguel e o Jorge estavam presos numa ilha deserta, infestada de tubarões, mas não se ralavam nada. Apanhavam banhos de sol, comunicavam via skype com a família que os ia visitar aos fins de semana e ainda tinham descoberto um tesouro cheio de gelados mágicos, que nunca se derretiam, com milhares de sabores. Ao domingo jogavam futebol e comiam mangas e bananas. Conseguem imaginar melhor vida?

Anúncios

Pirata do circo

O Vasco tinha um grande problema: gostava muito de peixes dentuças, de praia, de ir ao circo e adorava filmes de piratas. Assim, não conseguia perceber muito bem qual era a sua vocação. Um dia, depois de muito pensar, descobriu: ia ser domador de piranhas. E lá foi ele meter mãos à obra. Pouco tempo depois deu o seu primeiro espectáculo na praia, onde apareceram muitos meninos que viram as piranhas dentuças do Vasco fazer coisas inimagináveis, tais como dar triplos mortais e nadar costas. O Vasco vestiu-se de pirata para dar mais ambiente. No fim comeram algodão doce como num bom circo e as piranhas puseram  um nariz de palhaço e contaram umas boas piadas.

Hulk

O Pedro gostava imenso de se transformar em Hulk sempre que bebia chá de menta. Ficava verde, poderoso, despenteado e com umas calças roxas. Os rapazes da turma temiam-no e as miúdas adoravam a sua faceta selvagem.

O Hulk gostava imenso de se transformar em Pedro sempre que bebia chá de tília. Ficava cor-de-rosa, magricelas, penteado e com óculos. Os rapazes da turma aproveitavam para lhe tentar bater, mas as miúdas protegiam-no e adoravam a sua faceta intelectual.

Miguel sorridente

O Miguel gostava de nadar na praia em frente da sua casa, mas esta estava infestada de tubarões e piranhas. Então, lembrou-se de vestir o seu fato de jogador da selecção: sabia que assim vestido as piranhas e os tubarões nem o tentariam apanhar, dado que todos torciam pela mesma selecção e um adepto de uma equipa nunca come outro adepto da mesma equipa. É uma questão moral básica, não é?

O menino e o porquinho

O Ricardo ensinou o porquinho Paulo a nadar na banheira da sua casa. O porquinho Paulo gostou muito de aprender a nadar bruços e mariposa. Depois foi a vez do porquinho Paulo ensinar o Ricardo a mergulhar na sua poça de lama. O Ricardo gostou muito de aprender a mergulhar de cabeça.