A índia Amélia

Amélia, a Indiazinha, acordou bem disposta. Estava um dia lindo de sol, era fim de semana e ia poder passar o dia a correr nos campos com os amigos, e a fazer a sua actividade favorita: ler as histórias que as nuvens tinham para lhe contar. Jogaram à apanhada, às escondidas, à Wii e depois do almoço, deitaram-se todos na relva verde e fresca, e começaram as suas leituras. A primeira história que as nuvens lhes contaram começava assim: “Amália, a Indiazinha, acordou bem disposta.”

Anúncios