Branca de neve, a cuidadosa

A Branca de Neve disse ao anãozinho que não tinha de se preocupar que já tinha lido o livro e sabia que não podia abrir a porta à velhinha que iria aparecer com uma linda maçã. O anãozinho explicou-lhe que a bruxa era sábia, certamente que também já tinha lido o livro e que iria tentar outro truque. Combinaram então que a menina não abriria a porta a ninguém, velho ou novo, a vender enciclopédias ou fruta, feio ou bonito, alto ou baixo. E foi assim que neste mundo alternativo a bruxa nunca conseguiu envenenar a Branca de Neve e os 7 anões tiveram de dormir na rua no dia em que se esqueceram das chaves.

Anúncios