Pirata cruel

O pirata Jorge sonhava em ser um pirata a sério e, como tal, desejava ser muito mau. Queria que toda a gente se assustasse quando ouvisse o seu nome; que todas as crianças fugissem quando o soubessem na redondeza; que todos os tubarões se refugiassem no fundo do mar quando sentissem o seu cheiro nauseabundo. Infelizmente, tinha mesmo um bom coração, era amigo de toda a gente e ajudava os mais necessitados, pelo que ninguém tinha medo dele. Nem mesmo os tubarões, que adoravam o seu cheirinho, dado que tomava banho todos os dias e lavava os dentes de manhã e ao deitar, durante dois minutos. Duro ser um pirata, não?

Anúncios